Não são só memórias. São fantasmas, que me sopram nos ouvidos coisas que eu...

29
Ago 09

Não existe um mundo do crime e um mundo de paz. Fazemos todos parte de uma única nação. Todos que praticam um crime têm um motivo. Todos que fumam maconha, crack, têm um motivo. Todos que sorriem, tem um motivo. Às vezes você vê uma pessoa no ônibus, e diz “Ih, essa é revoltada”.

Você nem sabe os motivos dela. Não sabe o que a espera quando chegar em casa. Mal sabe se ela tem uma casa.

Alguém um dia me ensinou que o sorriso está na sua capacidade de provocá-lo. Se não sorrir, raramente alguém sorrirá pra você. Acha que se todos sorrissem uns para os outros, ainda haveria um “mundo do crime”? Que se todos se cumprimentassem, fizessem gentilezas uns aos outros, teriam motivos para se xingarem pelas costas?

Um mundo melhor depende única e inteiramente de cada um de nós, de como tratamos o cobrador do ônibus, ou o rapaz que passa pra recolher o lixo. Não existe essa coisa de “Eu sou melhor; sou superior”. Quem se sente melhor que o outro, acaba se tornando menor. Quem deixa de sorrir por não poder pagar uma mochila cara pro filho, mostra o tamanho que é.

É uma escolha de cada um. Eu escolhi viver em um mundo de paz. E você, qual prefere? 

publicado por Helen às 01:27

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28

30
31


subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO